Shopping Total pretende alterar o EVU do empreendimento

Do Blog “Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho”:

Novamente o Shopping Total…

Shopping Total pretende alterar o Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU) do empreendimento

Na planta “sumiu” a área onde seria construído o complexo OSPA em 2005

Na reunião extraordinária do Fórum da RGP1 (Região Geral de Planejamento 1) foi apresentado um projeto de alteração de EVU do Shopping Total que tramita no CMDUA. Nesse projeto o shopping pretende unificar o EVU das áreas e também regularizar áreas que estão irregulares, além da construção de uma grande garagem (mais de 600 vagas) no prédio 5 do shopping.

Arquitetos (em pé) explicando o projeto

Chamou a atenção dos delegados e convidados residentes na região o fato que o empreendedor pretende que a saída dos carros da nova garagem será pela Rua Tiradentes, que todos sabem ser uma pequena rua com trânsito já saturado.

A pequena e saturada Rua Tiradentes
Cadê a área onde seria o complexo OSPA (à direita da planta)?

Cadê a área onde seria o complexo OSPA (à direita da planta)?

Também não aparece na planta, apresentada pelos arquitetos contratados para fazer o estudo de EVU pelo Shopping Total, a área do atual estacionamento do shopping onde seria construído o Teatro da OSPA e o famigerado edifício-garagem que motivou o surgimento do Movimento dos Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho e a criação da AMABI – Associação dos Moradores e Amigos do Bairro Independência.. Era como se aquela área não fizesse parte do shopping. Curioso, não?

Foi lembrado por vários delegados que o Shopping Total sempre descumpriu o que havia acertado com a comunidade, inclusive medidas compensatórias e mitigatórias acertadas no CMDUA quando solicitou EVU anteriormente. Alterar seu EVU seria “apagar” o que havia sido acertado anteriormente.

Delegados fizeram muitos questionamentos

Perguntados sobre a área do atual estacionamento, os arquitetos disseram desconhecer se alguma obra estava sendo planejada para o local – o que parece óbvio pois pretendem deslocar as vagas deste estacionamento para o novo edifício-garagem – também desconheciam que o projeto do shopping previa área arborizada e com pavimento permeável e isso não havia sido cumprido. O estacionamento é puro asfalto e depois de muito tempo é que plantaram algumas árvores.

Muitas perguntas ficaram sem respostas

Para bom entendedor, meia palavra basta. Os moradores do entorno da região do shopping terão que retornar as mobilizações pois parece que vem mais incomodação do Shopping Total e, como sempre, com muito apoio de setores políticos e da administração municipal.

Lideranças comunitárias da região também estiveram presentes
Conselheiro Ibirá e o processo do Shopping Total

Cuidado: Qualidade de Vida não se compra em shopping!

Anúncios

1 comment so far

  1. Eduino de Mattos on

    PARA ALTERAR O EVU DE UM SHOPING CENTER TEM QUE REFORMULAR O TÊRMO DE REFERÊNCIA, NÃO PODERÃO REALIZAR UMA MUDANÇA DE EVU COM O TÊRMO DE REFERÊNCIA INICIAL.

    Eduino de Mattos
    Conselheiro do CMDUA/RGP-07
    Pártenon/lomba do pinheiro.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s